Ciência Gera Conhecimento - [ Conheça ]

Página inicial > Membros > Acadêmicos > Valderez Pinto Ferreira


Valderez Pinto Ferreira (FERREIRA, V. P.)

Ciências da Terra
Membro Titular
Ingresso em 4 de mai de 2010
Currículo
Link para a plataforma Lattes
E-mail

Valderez Pinto Ferreira , casada com Alcides Nóbrega Sial , com quem tem um filho, é professora associada no Departamento de Geologia da Universidade Federal de Pernambuco, campus Recife. É pesquisadora 1-A do CNPq, tendo se graduado em Geologia em 1983 pela Universidade Federal de Pernambuco, e obtido o grau de Mestre em Geociências na mesma universidade em 1986. Obteve o grau de Ph.D. pela Universidade de Georgia, Estados Unidos, em 1991, e realizou pesquisas a nível de pós-doutorado como professora visitante na Universidade de Wisconsin, Madison, Estados Unidos, em 2000-2001. Desde o início de sua carreira tem atuado na área de petrologia ígnea e geoquímica isotópica de alta e baixa temperatura. Dentre suas pesquisas consta o estudo de rochas ultrapotássicas pré-cambrianas plutônicas tendo demonstrado que imiscibilidade de líquidos silicáticos foi o principal processo de formação dessas rochas, o único exemplo registrado em larga escala na natureza. Foi pioneira no Brasil na utilização de isótopos de oxigênio em zircão e outros minerais ígneos em estudos petrológicos, e para determinação de limites de terrenos tectonoestratigráficos. Determinou empiricamente o fator de fracionamento de isótopos de oxigênio entre epídoto e zircão coexistentes, demonstrando que este é o oposto do previsto
em determinações teóricas. Utilizando isótopos de C e Sr tem contribuído para estudos paleoclimáticos no intervalo de 750 a 542 milhões de anos na evolução da Terra, registrada por glaciações de longa duração. Teve importante contribuição no estudo do registro de anomalias de isótopos de C no intervalo de 2,4 a 2,1 giga-anos, no Brasil, Índia e Uruguai. Implementou um laboratório de extração de oxigênio de silicatos a laser de CO2 para análises de isótopos de oxigênio na UFPE, que é o único em operação na América Latina e lidera desde sua implantação em 1996 o laboratório de fluorescência de raios-X da UFPE. Atualmente lidera um grupo de pesquisa do PRONEX (Programa de Apoio a Núcleos de Excelência).




webTexto é um sistema online da Calepino