Ciência Gera Conhecimento - [ Conheça ]

Português > Atuação > Nacional > Programas Científicos > Prêmio L’Oréal-Unesco-ABC para Mulheres na Ciência 2009


Prêmio L’Oréal-Unesco-ABC para Mulheres na Ciência 2009

Na noite de 23 de setembro, o Golden Room do Copacabana Palace foi palco da bela cerimônia de outorga do Prêmio L’Oréal-Unesco-ABC para Mulheres na Ciência 2009 a sete jovens cientistas de diversas regiões do Brasil, escolhidas entre mais de 540 de inscritas. Saiba mais sobre a cerimônia.


Sheila Caetano, Lea Grinberg, Flavia Meotti, Elizandra Figueredo, Alexandra Zugno, Annelise Casellato e Valeria Sandrim

Conheça as escolhidas em 2009

Estudando a esquizofrenia
A pesquisadora da Universidade do Extremo Sul Catarinense Alexandra Ioppi Zugno desenvolve estudos comportamentais e bioquímicos para compreender transtornos psiquiátricos mais a fundo.

Limpando o solo contaminado
A química Annelise Casellato, da UFRJ, foi escolhida para receber o Prêmio L’Oréal-Unesco-ABC Para Mulheres na Ciência 2009 por projeto que busca sintetizar compostos capazes de atuar na degradação de pesticidas.

De olho nas estrelas
Com um projeto sobre a formação de estrelas de alta massa, a premiada Elysandra Figueredo, da USP, busca estudar os processos físicos envolvidos na constituição desta categoria de estrelas, a fim de entender o que acontece dentro de casulos estelares.

Uma alternativa para o tratamento da cistite
O trabalho da cientista Flavia Carla Meotti, da UFSC, outra das premiadas com a bolsa L’Oréal-Unesco-ABC, tem como objetivo pesquisar tratamentos para doença inflamatória e/ou infecciosa da bexiga.

Procurando entender o envelhecimento do cérebro
A médica patologista Lea Tenenholz Grinberg, da USP, recebeu o Prêmio L’Oréal-Unesco-ABC para Mulheres na Ciência 2009 por seu projeto sobre demência vascular, uma doença prevenível que pode ser muito mais comum do que se imagina.

Desvendando a bipolaridade em crianças e jovens<
Sheila Cavalcante Caetano, da área das Ciências da Saúde da USP, foi premiada por seu estudo genético do sistema dopaminérgico em famílias de crianças com transtorno do humor bipolar.

Cuidados com as gestantes
Uma das vencedoras do Prêmio L’Oréal-Unesco-ABC 2009, a biomédica Valeria Cristina Sandrim, pesquisadora da Santa Casa de Belo Horizonte, estuda como fatores liberados da placenta podem levar à pré-eclâmpsia.




webTexto é um sistema online da Calepino