Ciência Gera Conhecimento - [ Conheça ]

Português > Atuação > Nacional > Programas Científicos > Prêmio L’Oréal-ABC-Unesco para Mulheres na Ciência 2007


Prêmio L’Oréal-ABC-Unesco para Mulheres na Ciência 2007

Pelo segundo ano consecutivo, o Prêmio L’Oréal-Unesco-ABC para Mulheres na Ciência oferece a pesquisadoras brasileiras, selecionadas por rigorosa comissão julgadora, bolsas-auxílio no valor de vinte mil dólares. Este ano foram contempladas sete cientistas das áreas de Ciências Físicas, Ciências Biomédicas, Ciências Biológicas e da Saúde, Ciências Matemáticas e Ciências Químicas.

A cerimônia de premiação ocorreu no Copacabana Palace, na noite de 19 de setembro, com a presença de dezenas de Acadêmicos, jornalistas e autoridades, tendo sido conduzida pela jornalista Renata Cappucci. Veja mais sobre o evento.


Glaucia Martinez, Ida Schwartz, Monica Andersen, Andrea de Camargo, Tatiana Rappoport, Wang Qiaoling e Lucia Codognoto.

Conheça as premiadas de 2007

Estudando sólidos com propriedades ópticas
A química paulista Andréa de Camargo investiga materiais que poderão futuramente ser aplicados em lasers e outros dispositivos ópticos, o que poderá melhorar a formação dos profissionais brasileiros e expandir a indústria tecnológica nacional.

Em busca de prevenção e tratamento de tumores de pele
A química da Universidade de São Paulo Glaucia Martinez investiga como os flavonóides, podem interferir no processo de oxidação do DNA através da melanina, pigmento natural da pele, quando exposta aos raios UV.

Melhorando a qualidade de vida dos portadores de MPS
A médica gaúcha Ida Schwartz estuda as mucopolissacaridoses, um grupo específico de doenças genética, buscando ampliar o acesso ao diagnóstico, ao tratamento e à prevenção, através do aconselhamento genético.

Explorando o potencial da cumarina
A química paranaense Lucia Codognoto desenvolve um método de análise específico para a cumarina, substância com ação antiinflamatória presente na composição de algumas plantas medicinais como o guaco e a arnica e na composição de medicamentos com ação antitrombótica.

Aplicando a Física na Computação
A física da UFRJ Tatiana Rappoport trabalha na área da spintrônica, cujo desenvolvimento permitirá, em breve, a fabricação de chips e computadores mais eficientes, com mais capacidade de processamento e menos consumo de energia.

Compreendendo fatores que levam à disfunção erétil
A bióloga paulista Monica Andersen desenvolve pesquisa que pretende estabelecer e compreender a relação entre os distúrbios do sono e as alterações no desempenho sexual masculino.

Trabalhando para o progresso da Matemática
A matemática Wang Qiaoling, da Universidade de Brasília, pesquisa a "curvatura de variedades", presente na equação de Einstein sobre a Relatividade, estudo que vai ajudar a entender a estrutura do universo.

Menções Honrosas
A microbiologista da UFG Tarcília Aparecida da Silva e a bióloga da USP de Ribeirão Preto Tiana Kohsdorf foram contempladas com Menções Honrosas em 2007.




webTexto é um sistema online da Calepino