Ciência Gera Conhecimento - [ Conheça ]

Português > Atuação > Nacional > Programas Científicos > Prêmio L’Oréal-ABC-Unesco Para Mulheres na Ciência 2010


Prêmio L’Oréal-ABC-Unesco Para Mulheres na Ciência 2010

A quinta edição do Programa L’Oréal-ABC-Unesco para Mulheres na Ciência, lançado em 2006, contemplou mais sete jovens pesquisadoras de diversas áreas e diferentes estados brasileiros, cujos trabalhos se destacaram entre as mais de 400 inscritas. A jornalista Renata Capucci conduziu, mais uma vez, a cerimônia, que aconteceu no Golden Room do Copacabana Palace no dia 23 de setembro.

O evento homenageou uma nova geração de cientistas que está transformando o papel da mulher na sociedade e incrementando a sua contribuição para o progresso da ciência brasileira. Em comum, as premiadas tem um currículo que mostra um grande investimento no estudo e na busca pelo conhecimento, servindo de exemplo para as gerações futuras. Cada pesquisadora homenageada recebeu uma bolsa de US$ 20 mil para investir em seus projetos e desenvolvimento profissional. Saiba mais sobre a cerimônia de premiação.


Bruna de Souza, Patrícia Schuck, Cristiane Matté, Audrey Cisneyros, Kathia Honório, Simone Appenzeller e Lucimara Martins

Conheça as vencedoras de 2010

Estatística e maternidade
Mãe de dois filhos de idades muito diferentes, a matemática Audrey Cisneyros, da UFPE, conciliou graduação, mestrado, doutorado, docência e pesquisa em ajustes de estatísticas de teste com os compromissos familiares.

Depressão x cicatrização
A bióloga Bruna Romana de Souza, da UFRRJ, estuda a utilização de hormônios sexuais para combater o estresse crônico, melhorando a capacidade do organismo de cicatrizar lesões cutâneas.

Benefícios do exercício na gravidez
A biomédica Cristiane Matté, da UFRGS, estuda a relação entre o exercício físico materno e o desenvolvimento do sistema nervoso central dos filhotes de ratos, buscando nestes alterações cerebrais positivas.

Proteínas e enzimas: potencializar ou inibir
A química Kathia Honório, da USP, aplica métodos computacionais no estudo das possíveis interações entre substâncias bioativas e alvos biológicos, buscando futuros medicamentos para doenças como fibrose, aterosclerose e câncer.

Pesquisa extragaláctica
A maior e mais completa biblioteca estelar de alta resolução para síntese de populações estelares foi o projeto premiado da astrônoma Lucimara Martins, professora da Universidade Cruzeiro do Sul, em São Paulo.

A fenilalanina e os danos cerebrais>
O objetivo da pesquisa de Patrícia Schuck, bioquímica da Unesc, é descobrir o que acontece no cérebro de pessoas com fenilcetonúria, visando a criação de novas estratégias terapêuticas que melhorem a qualidade de vida desses pacientes.

O lúpus e as relações interpessoais
A médica Simone Appenzeller, da Unicamp, busca alternativas de tratamento para que as mulheres com doenças reumáticas crônicas possam ter uma melhora da qualidade de vida e da sexualidade.




webTexto é um sistema online da Calepino