Ciência Gera Conhecimento - [ Conheça ]

Português > Eventos > A Crise da Água e o Desenvolvimento Nacional: um Desafio Multidisciplinar


A Crise da Água e o Desenvolvimento Nacional: um Desafio Multidisciplinar

A crise da água no século XXI envolve a escassez e o estresse de água, mas é principalmente uma crise de gerenciamento dos recursos hídricos. Novas e criativas possibilidades de gerenciamento e governança de água podem ser desenvolvidas, a partir de uma interação entre pesquisadores e gerentes. Esta interação pode se dar através de apoio a projetos de gestão e cursos de treinamento.

Além disso, se tornam cada vez mais necessárias análises estratégicas e de prospecção tecnológica permanentes, para diminuir a vulnerabilidade e os riscos de deterioração da qualidade da água e do abastecimento.

Por entender que este é um desafio que requer ação, a Academia Brasileira de Ciências estruturou um Grupo de Estudos sobre Recursos Hídricos, que tem por objetivo produzir um Livro Branco sobre Águas no Brasil, apresentando uma visão estratégica sobre o uso dos recursos hídricos no país.

O grupo, coordenado pelo Acadêmico José Galizia Tundisi , reúne alguns dos maiores especialistas brasileiros da área e parte de uma visão inovadora, que aponta para a superação da dicotomia hoje existente entre águas subterrâneas e de superfície. A partir de uma visão integrada e holística, concebe o ciclo da em sua totalidade, compreendendo que existem fontes comuns de problemas - poluição, super exploração, uso excessivo - que resultam em diferentes processos (eutrofização, contaminação) e sintomas (toxicidade, salinização).

Foi estabelecida então uma parceria, conduzida pelo vice-presidente da ABC para a região Minas - Centro-Oeste, Francisco César de Sá Barreto , também Professor Titular da UFMG, e pelo presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), Mário Neto Borges, com o objetivo de realizar eventos científicos com o apoio das três instituições.Esta parceria derivou no Ciclo de Conferências ABC-UFMG-Fapemig, que promoveu nos dias 29 e 30 de outubro, em Belo Horizonte, o evento A Crise da Água e o Desenvolvimento Nacional: um Desafio Multidisciplinar, com o objetivo de contribuir para o estabelecimento de ações visando ao gerenciamento sustentável dos recursos hídricos no país.

Essa iniciativa procurou fomentar fomentar uma maior interação entre pesquisadores e gerentes de recursos hídricos, facilitando assim a transferência do conhecimento existente àqueles que dele necessitam para o desenvolvimento de um processo de gestão que seja racional e estruturado a partir de bases científicas. Da mesma forma, o fortalecimento destes canais de diálogo permitirá aos gerentes apresentarem aos cientistas seus principais problemas e dificuldades, estimulando o desenvolvimento de pesquisas e inovações que busquem atender as demandas prementes no campo do gerenciamento dos recursos hídricos.

Vale destacar que tal iniciativa se insere no escopo das Metas do Milênio das Nações Unidas (ONU), que tem como uma de suas componentes a melhoria da oferta de água, no longo prazo e de forma sustentável, aos milhões de homens e mulheres que hoje não dispõem de acesso satisfatório a este bem crucial para a subsistência humana.

Veja abaixo, no anexo, a programação.

A crise da água foi tema de grande evento promovido pela ABC-UFMG-Fapemig



Eventos


webTexto é um sistema online da Calepino